Como minerar criptomoedas?

Gustavo Cunha Gustavo Cunha Atualizado em maio 6, 2022

É fato, a área das criptomoedas só tem crescido ao longo dos anos. Uma prova disso é que atualmente existem mais de 9.000 moedas digitais em negociação no mercado.

Perante a uma quantidade tão grande de criptoativos em circulação, é natural surgirem perguntas sobre a mineração e seus processos. Você sabe quem pode minerar criptomoedas? Será possível minerar criptomoedas com o celular? Como são os ganhos?

No artigo de hoje vamos abordar essas questões e falar tudo sobre a mineração de criptomoedas: desde os conceitos básicos até dicas e respostas práticas.

O que é minerar criptomoedas?

Ao contrário do que se conhece pelo senso comum, minerar criptomoedas é mais que gerar novos ativos digitais. O processo de mineração também envolve o registro e verificação de negociações que acontecem na rede. Desse modo, as transações são registradas em blocos para validação, cujos mineradores usam poder computacional para confirmar sua autenticidade.

Nesse sentido a demanda pode ser atendida de diferentes formas, caracterizando assim 3 tipos de mineração.

  1. Prova de trabalho (Proof of Work) - Consiste na resolução de complexos problemas matemáticos e requer um hardware potente.
  2. Prova de participação (Proof of Stake) - Neste método os blocos são validados pelas pessoas que já possuem determinada criptomoeda na rede.
  3. Prova de capacidade (Proof of Capacity) - Utiliza a capacidade do HD de cada computador como "prova de capacidade" para fazer a validação.

Mesmo sendo executados de maneiras diferentes, cada um dos tipos de mineração serve a um propósito fundamental: validar as transações, inserir novas moedas no mercado e promover a confiabilidade da rede de blocos (blockchain).

Em apenas 20 segundos, a HelloSafe ajuda você a descobrir as corretoras mais confiáveis e ter acesso a informações completas sobre seus ativos e taxas de negociação.

Compare entre as melhores plataformas de Criptomoedas do Brasil com nossa ferramenta grátis!

Comparar

Quais criptomoedas podem ser mineradas?

Exceto as moedas digitais com PoS (proof of stake) é que não são mineráveis, a maioria das criptomoedas pode ser minerada.

Nessa perspectiva, entre os principais ativos que você não pode minerar estão:

  • Cardano (CAD)
  • Solana (SOL)
  • Ripple (XRP)
  • Stellar (XLM)

Agora, tão importante como entender os detalhes técnicos sobre o trabalho, é relevante saber quais as corretoras que negociam as moedas que você minera.

Quem pode minerar criptomoedas?

Em resumo, qualquer pessoa com uma carteira cripto, um computador e acesso à internet pode minerar criptomoedas.

Porém, os lucros com os processos de mineração estão atrelados a fatores como a capacidade do dispositivo (hardware), a tarifa de energia elétrica e os valores gastos para iniciar a atividade.

Como começar a minerar criptomoedas?

No intuito de solucionar essas dúvidas de maneira objetiva, preparamos uma lista de 5 passos para minerar criptomoedas.

  1. Saiba qual é o custo da energia no lugar onde você mora. É importante ter em mãos o valor de 1 KW/h para calcular o custo x benefício de minerar criptomoedas em casa.
  2. Verifique como estão as condições do hardware que você usará para minerar: É um aparelho novo ou antigo? Você estaria preparado para arcar com eventuais consertos ou despesas de manutenção?
  3. Pesquise e escolha uma plataforma ou site para minerar criptomoedas (veja a tabela nas próximas seções).
  4. Faça sua carteira de criptomoedas.
  5. Comece a minerar.

Dica: Ao entrar no mundo da mineração, analise bem e considere a rentabilidade de cada tipo de criptomoeda. Por exemplo, dependendo do caso, minerar moedas alternativas como Ethereum, Doge Coin e Monero pode gerar maiores rendimentos do que minerar apenas Bitcoin.

Onde posso minerar criptomoedas?

Softwares, aplicativos ou sites estão entre as opções por onde você pode minerar criptomoedas. A fim de definir a melhor alternativa segundo as suas condições, avalie aspectos como a confiabilidade de cada plataforma, a cobrança de taxas e retornos ao minerador.

Outra opção que tem se destacado nos últimos tempos é a "mineração na nuvem" (cloud mining). Em resumo, o cloud mining nada mais é do que você contratar uma empresa que aluga poder computacional de terceiros. Assim, independente de onde estiver ou da capacidade do seu PC, você poderá minerar criptomoedas.

Portanto, entre os maiores diferenciais do cloud mining está uma provável redução de custos e desgaste do hardware, tendo em vista que boa parte do processo não acontece somente na sua máquina.

Como minerar criptomoedas pelo PC?

Nos dias atuais, minerar criptomoedas pelo PC está sendo uma tendência em pleno crescimento. Contudo, antes de se tornar um minerador de moedas digitais, é preciso considerar uma série de fatores-chave. Por exemplo, esteja ciente que seus lucros podem ser maiores ou menores a depender do seu equipamento e dos valores que você desembolsar para começar as atividades de mineração.

Caso você opte pela mineração com hardware, atente-se a dois elementos essenciais no PC: o processador (CPU) e a placa de vídeo (GPU). De modo geral, podemos dizer que é a potência destes dois componentes é que vai influenciar a sua capacidade de mineração em criptomoedas, principalmente nas que trabalham com proof of work.

Fora isso, como a mineração com hardware costuma exigir desempenho do PC, são necessários cuidados para evitar o aquecimento excessivo ou desgaste precoce das peças.

Já quando se fala em cloud mining, a maior questão é a rentabilidade em relação ao investimento feito para acessar o serviço.

Por fim, mesmo tendo equipamentos potentes, muitos mineradores caseiros não tem um retorno tão alto como esperavam. Isso acontece porque existem grandes fazendas de mineração que contam com investimentos altos em equipamentos desenvolvidos para minerar, os ASICS. Para se ter uma ideia, em cotações atuais, um ASIC básico custa aproximadamente R$ 10.000,00 mil reais.

Vale ressaltar que a mineração de criptomoedas não é só para profissionais. O que varia é o desempenho e o lucro de cada um com a atividade.

Quais os sites para minerar criptomoedas?

Agora que você já tem conhecimentos mais aprofundados sobre a mineração de criptomoedas, é hora de partir para a prática. Com base em extensas pesquisas e feedbacks de usuários, encontramos 4 sites de cloud mining que podem ajudar quem está começando. Confira abaixo:

Nome do siteInformaçõesCriptomoedas para mineraçãoFormas de acesso
ECOSSe posiciona como uma plataforma completa de investimento, com múltiplas ferramentas em um único ecossistema. Possui 30 dias de teste grátis. Ethereum, Ripple e LitecoinComputador e aplicativo
ChickenfastChickenfast se destaca por ter um algoritmo próprio que auxilia o usuário a minerar somente as moedas mais lucrativas no momento. Bitcoin, Ethereum e Bitcoin CashDisponível apenas para computador
ShaminingDe origem britânica, o Shamining conta com mais de 17.000 usuários e oferece bônus aos novos membros. BitcoinComputador e aplicativo
StormgainA plataforma traz a proposta de ser um serviço "tudo em um", incluindo suporte para cripto carteira e ferramentas de negociação. BitcoinComputador e aplicativo
Os 4 melhores sites para minerar criptomoedas

Posso minerar criptomoedas pelo celular?

De acordo com o que vimos na última seção, você pode sim minerar criptomoedas pelo celular. Todavia, assim como minerar pelo PC tem seus prós e contras, a mineração pelo celular também precisa de atenção.

Em primeiro lugar, considere que minerar pelo smartphone pode tornar o aparelho mais lento e consumir mais bateria. Fora isso, é necessário monitorar sempre a temperatura do celular, já que existem riscos de superaquecimento em determinados componentes.

Existem aplicativos para minerar criptomoedas?

Seja na App Store ou na Play Store, existem aplicativos para minerar criptomoedas. No entanto, fica um alerta: cuidado com golpes e apps falsos.

A dica para reduzir as chances de baixar um aplicativo malicioso, é buscar o link das versões mobile diretamente no site oficial de cada empresa e ver as avaliações de quem já baixou e testou o app.

Como minerar criptomoedas pelo celular?

Minerar criptomoedas pelo celular é um processo que exige mais que um smartphone com os aplicativos e conexão com a internet. A tarefa requer uma fonte de energia constante, um sistema atualizado e demanda que você tenha ao menos 30 MB de armazenamento livre no seu dispositivo.

Quer saber quais as melhores corretoras de criptomoedas e encontrar a opção certa de acordo com o seu perfil? Acesse o comparador da HelloSafe hoje mesmo!

Compare entre as melhores plataformas de Criptomoedas do Brasil com nossa ferramenta grátis!

Comparar

Como são os ganhos com criptomoedas?

Os mineradores costumam receber seus ganhos em moedas digitais depositadas em sua carteira cripto, que podem ser reinvestidos ou transferidos para o saque em reais. Conforme as variações do mercado, pode ser mais lucrativo ao minerador transferir seus lucros à corretora para compra ou venda de criptomoedas específicas. Nesse sentido, um detalhe de grande importância é escolher uma empresa confiável para alocar e negociar seus ativos.

Um especialista irá responder
Seu nome é obrigatório
O conteúdo dos comentários é necessário