Empréstimo com garantia de moto: guia total

Gustavo Cunha Gustavo Cunha  Atualizado em maio 23, 2022

O empréstimo com garantia de moto pode ser um grande aliado de quem busca colocar as contas em dia, investir em seu negócio ou tirar um projeto do papel. Também conhecido como refinanciamento de veículo, o empréstimo pessoal com moto de garantia traz muitos benefícios a você que precisa conseguir crédito de forma mais rápida.

Porém, o aliado se torna um inimigo caso você não se planeje antes. Logo, estar bem informado sobre o assunto é o primeiro passo para aproveitar todas as vantagens que o empréstimo com moto de garantia proporciona.

Continue a leitura descubra como fazer um bom empréstimo com garantia de moto hoje mesmo.

O que é o empréstimo com garantia de moto?

O empréstimo de moto é uma modalidade de crédito pessoal na qual, para conseguir dinheiro, o solicitante oferece sua moto quitada como garantia de pagamento. Logo, a dinâmica colabora para reduzir os riscos de inadimplência ao banco ou financeira, o que costuma gerar uma liberação mais rápida do valor.

No entanto, apesar de facilitada, a aprovação do empréstimo pessoal com garantia de moto não é imediata. Há certas particularidades e requisitos a serem cumpridos para que o veículo seja de fato aceito e validado pelo credor.

Além disso, o limite de crédito não é o mesmo em todas as contratações, mudando em virtude da avaliação da moto e do percentual permitido em cada uma das empresas atuantes no mercado.


Ainda em dúvida? Caso não tenha certeza se essa linha de crédito vai de encontro a sua necessidade, conheça a ferramenta da HelloSafe! Com o nosso comparador gratuito, você acessa diversas opções de empréstimo com garantia e pode decidir qual delas se encaixa nos seus objetivos. É grátis!

As melhores taxas de juros para empréstimo com garantia, você encontra aqui na HelloSafe.

Fazer cotação

Existe empréstimo para negativado com garantia de moto?

Sim, uma pessoa com nome em órgãos de proteção ao crédito pode fazer um empréstimo com garantia de moto. Entretanto, a moto por si só não garante a certeza de que a solicitação de crédito será aprovada. Além dos critérios de cada banco ou financeira, há também os requisitos ligados ao ano e ao estado de conservação da moto oferecida.

Ainda assim, o empréstimo para negativado com garantia de moto é bastante utilizado. O fato se dá porque com a garantia da moto na negociação do empréstimo, o banco entende que o risco de prejuízo é menor. Inclusive, é essa condição que torna o empréstimo pessoal com moto de garantia um dos tipos de crédito com juros mais baixos do mercado.

Porém, fique atento a um detalhe importante: A depender da análise feita pela credora, as taxas de juros variam entre cada perfil de cliente. Portanto, antes de fechar um empréstimo com garantia de moto é vital que se compare a proposta recebida com outras instituições. É porque dependendo das condições oferecidas, a taxa do empréstimo com garantia de moto pode ficar igual ou maior que outros tipos de crédito (como o empréstimo pessoal) que não precisam do seu patrimônio como garantia.

Quem faz empréstimo com garantia de moto?

Bancos, financeiras e cooperativas de crédito estão entre as principais instituições aptas a realizarem empréstimo com garantia de moto. Atualmente, há dezenas de credoras disponíveis no Brasil, o que requer um trabalho mais detalhado para encontrar uma instituição que combine com o seu perfil.

Pensando nisso, preparamos uma lista com 4 das empresas mais conhecidas e bem avaliadas no mercado.

  • Creditas
  • Bom pra Crédito
  • Sim empréstimos
  • Banco Bradesco

Empréstimo com garantia de moto: como funciona?

O empréstimo com garantia funciona de modo bem simples: a credora cede o empréstimo, e você concorda em colocar sua moto como garantia no negócio. Hoje em dia, o processo ocorre mais rápido e você pode até fazer a contratação sem sair de casa. O empréstimo online com garantia de moto é tão popular pela conveniência e agilidade, de modo que com apenas alguns cliques já é possível enviar seu pedido para aprovação.

Agora que você já conhece o básico de como funciona, vamos ver na prática como pedir um empréstimo online com moto de garantia. Nesse contexto, a Sim empréstimos é uma das empresas mais populares no Brasil quando se fala em empréstimo online. E é justamente por este motivo que vamos usá-la como exemplo no nosso passo a passo para conseguir o empréstimo online com garantia de moto.

5 passos para pedir um empréstimo online com garantia de moto

  1. Entre no site da credora
  2. Localize o espaço em que aparece a calculadora de empréstimo
  3. Preencha os dados descritos na página
  4. Analise as propostas e juros da empresa
  5. Comprove suas informações cadastrais para continuar a operação

O que precisa para fazer um empréstimo com moto de garantia?

Documentos e pré-requisitos são aspectos fundamentais a se considerar quando você quiser fazer um empréstimo com garantia de moto. Como sabemos, as normas diferem entre os credores, mas há exigências encontradas na maioria dos bancos e financeiras.

Confira abaixo quais os principais documentos para fazer um empréstimo com moto de garantia.

Documentos do proprietário

  • RG, CPF, Carteira de habilitação;
  • Comprovante de renda;
  • Comprovante de residência (alguns credores não solicitam).

Documentos da moto

  • Comprovante que mostre a quitação da moto;
  • Certificado de Registro de Veículo (CRV);
  • Documento Único de Transferência do Veículo (DUT).

Fora isso, as instituições credoras geralmente têm critérios que determinam se a moto realmente vale como garantia. Veja quais são os requisitos mais comuns atualmente.

A moto a ser usada como garantia no empréstimo deve:

  • Estar totalmente paga e registrada no nome do solicitante
  • Estar em boas condições
  • Ter no máximo 5 anos de fabricação
  • Estar impostos e quaisquer outros encargos (como multas) devidamente quitados
  • Não ter sido oferecida para garantir outros contratos de crédito

Quais as vantagens e desvantagens do empréstimo com garantia de moto?

As vantagens e desvantagens do empréstimo com garantia de moto são diversas, contudo, existem questões essenciais que precisamos estar cientes antes de pedir esse tipo de crédito. A seguir, você vai ver uma breve análise aplicando os tópicos no contexto do dia a dia e, por último, uma versão sintetizada das vantagens e desvantagens.

A primeira questão é que, por um lado, o dinheiro tende a ser liberado em menos tempo; por outro, o bem fica comprometido durante todo o período do empréstimo (o que pode levar anos conforme o número de parcelas).

Além disso, o empréstimo pessoal com garantia de moto pode ser uma boa alternativa quando se tem urgência para obter uma determinada quantia, seja ela destinada a uma despesa médica ou usada como capital de giro no orçamento. Contudo, é necessário ter cautela ao fazer esse tipo de negociação, principalmente se você não tem renda fixa todos os meses.

Ademais, a avaliação por parte de quem deseja obter crédito deve considerar variáveis externas, tendo cuidado redobrado se a moto for a sua ferramenta de trabalho. Entre essas variáveis estão fatores como os custos mensais do veículo e possíveis despesas caso seja necessário algum tipo de manutenção.

Então, resumindo temos os prós e contras a serem analisados antes de você pedir um empréstimo pessoal com garantia de moto.

  • Os juros costumam ser menores do que outros tipos de empréstimo
  • Solução de crédito com alta taxa de aprovação
  • Possibilidade de parcelamento em várias vezes
  • A moto fica alienada ao banco ou financeira
  • A quantia disponível para empréstimo varia conforme o valor do veículo
  • Limitações devido ao ano e condições da moto

Agora que você já sabe as vantagens e desvantagens do empréstimo com garantia de moto, veja como encontrar a opção certa para o seu perfil. É só clicar no botão abaixo e usar o comparador da HelloSafe. Em menos de 20 segundos você consegue um resultado personalizado e pode tomar sua decisão com mais tranquilidade.

As melhores taxas de juros para empréstimo com garantia, você encontra aqui na HelloSafe.

Fazer cotação

O que acontece com a moto no empréstimo com garantia de moto?

A moto fica com o proprietário, mas é alienada à empresa credora. Em resumo, isso significa que até o pagamento da dívida, o dono não poderá vender o veículo. Ou seja, mesmo que você possa usar a moto livremente, a empresa credora passa a ter direito de propriedade sobre o bem.

Deste modo, após a aprovação do empréstimo, o banco ou financeira contata o Detran informando a intenção de gravame, que é um termo comprovando o uso de um veículo como garantia de um empréstimo que não está 100% quitado.

Assim, em até 1 mês depois do recebimento, o dono precisa atualizar o CRV / DUT da moto para que conste no documento a observação de "alienação fiduciária". Vale observar que mesmo com a alienação, a moto permanece no nome do proprietário.

Dica: Como a atualização é feita de forma presencial em uma sede estadual do Detran, faça seu agendamento e aproveite para perguntar quais os documentos necessários para levar no dia.

O que acontece se você não paga o seu empréstimo com garantia de moto?

Caso o empréstimo com garantia de moto não seja pago, o dono poderá perder o bem. Devido à alienação feita no momento do empréstimo, a falta de pagamento faz com que a moto seja tomada pelo banco e colocada em leilão para quitar a dívida.

Porém, tudo isso não acontece de uma vez só. Ao contatarem a inadimplência do empréstimo, as empresas credoras costumam fazer contatos a fim de colocar o débito em dia. Persistindo o problema, é efetuado um mandado de busca e apreensão do veículo.

Com estes fatores em mente, a sugestão é avaliar com cuidado as suas condições antes de fazer um empréstimo pessoal com garantia de moto. Às vezes a necessidade de um momento pode afetar o que demorou anos até ser conquistado.

Qual a taxa de juros do empréstimo com garantia de moto?

Em geral, o empréstimo com garantia de moto costuma ter uma taxa de juros que começa em 0,99% e pode superar os 4%. Para explicar melhor essa questão, veja como são os juros em diferentes instituições financeiras na prática.

Nome da instituiçãoJuros cobrados
Bom Pra Créditoa partir de 0,75
Creditas1,49%
Sima partir de 1,73%
BradescoDe 4,22% até 4,62%
Taxa de juros do empréstimo com garantia de moto

Saber os juros cobrados em cada instituição é um elemento que contribui na tomada de decisão rumo a um empréstimo consciente. Apesar disso, somente os juros não são determinantes na definição final. É de grande importância atentar ao custo efetivo da operação, isto é, a quantia que você pagará no final com todas as despesas e taxas cobradas pela instituição que fornece o dinheiro.

Quais valores consigo pegar com o empréstimo com garantia de moto?

O valor geralmente depende da avaliação da moto, o percentual é calculado sobre ele. Em grande parte dos casos o empréstimo com garantia de moto permite pegar de R$ 1.000 a 25.000. Cabe observar que a faixa de valores é tão ampla em virtude dos variados tipos, marcas e categorias de motocicleta.

Só para ilustrar como funcionaria um empréstimo com garantia de moto hoje, preparamos o seguinte exemplo:

Vamos supor que você tenha uma moto popular como a Honda Pop 110i, que no início de 2022 foi intitulada a "moto mais barata do Brasil". O valor médio deste modelo hoje é de R$ 7.850,00. Dessa forma, ao pedir um empréstimo usando a sua moto como garantia, você conseguiria pegar entre R$ 4.710,00 e R$ 7.065,00. Lembrando que o número de parcelas e o custo efetivo da operação variam dependendo ao banco ou financeira que você escolher no momento da contratação.

Agora que você já sabe o valor médio que pode conseguir em um empréstimo pessoal com garantia de moto, a dica é fazer os cálculos para decidir se faz sentido no seu caso. Saiba que, a depender do valor que você precisa, é possível fazer um empréstimo com um bem de valor menor, tal como o empréstimo com garantia de celular.

Posso cancelar o empréstimo com garantia de moto?

Sim, atendendo a certas condições, o empréstimo com garantia de moto pode ser cancelado. Inclusive o cancelamento do empréstimo está previsto nas normas do Código de Defesa do Consumidor (CDC).

O artigo 49 dessa a legislação aborda o direito ao arrependimento, que pode ser exercido em até 7 dias úteis depois do recebimento do produto ou assinatura do serviço. Porém, o consumidor deve estar atento, pois o direito não vale nas contratações feitas de modo presencial; o amparo legal trata das negociações feitas remotamente. Em outras palavras, se você fez um empréstimo online com moto de garantia e precisa desistir do pedido (em até 7 dias úteis), o direito do consumidor lhe ajudará.

Quer ganhar tempo na hora de escolher um empréstimo com garantia de moto e evitar cancelamentos? A nossa ferramenta de comparação está ao seu dispor! Em apenas alguns cliques você consegue analisar as opções e encontrar o empréstimo com garantia de moto perfeito para o que você precisa.

As melhores taxas de juros para empréstimo com garantia, você encontra aqui na HelloSafe.

Fazer cotação

Como funciona a portabilidade do empréstimo com garantia de moto?

Imprevistos acontecem e, de repente o orçamento muda drasticamente. Em situações desse tipo, as parcelas assumidas previamente podem ficar muito pesadas, fazendo com que sejam reavistas todas as condições da contratação. O pior é quando, com o passar do tempo, você revê o que já pagou e descobre que está sendo vítima de juros abusivos no seu empréstimo com garantia de moto. E agora, o que fazer?

Nos dois casos que citamos acima, a portabilidade de empréstimo é uma das opções mais indicadas. Isso porque através da portabilidade, a dívida é transferida entre dois bancos diferentes a fim de ser paga com parcelas e juros menores.

Contudo, para que a economia não se torne um prejuízo, é preciso estar atento a pontos estratégicos antes de fazer a portabilidade do seu empréstimo com moto de garantia.

4 dicas uma boa portabilidade de empréstimo com garantia de moto

  1. Pesquise pelo nome e CNPJ da empresa para ter certeza de que se trata de uma instituição regulamentada pelo Banco Central
  2. Comparar as taxas de juros entre a instituição atual e a que deseja realizar a portabilidade
  3. Verificar as condições e modalidades de pagamento oferecidas por cada banco
  4. Buscar feedbacks e avaliações quanto ao suporte e atendimento ao cliente

Se você tem interesse em aprofundar seus conhecimentos sobre este tema, confira o conteúdo especial em nosso blog sobre a portabilidade de empréstimo com garantia.

O conteúdo dos comentários é necessário
Seu nome é obrigatório