Maquininha PicPay: guia total

Gustavo Cunha Gustavo Cunha  Atualizado em maio 13, 2022

Referência em praticidade, o PicPay está entre as carteiras digitais preferidas da população brasileira. Contemplando desde cidadãos comuns até grandes empresários, a plataforma traz os recursos certos para facilitar a vida financeira de seus usuários.

Conhecendo os benefícios nas finanças particulares, é natural que muitas pessoas pensem em como a ferramenta poderia ajudar em relação ao próprio negócio.

Diante disso, a pesquisa por "maquininha PicPay" tem crescido bastante entre quem busca economia e confiança para ampliar os meios de pagamento em sua empresa ou microempreendimento. Contudo, exitem informações importantes que você precisa saber quando se fala em maquininha de cartão PicPay. Continue a leitura do nosso guia total e fique por dentro!

Maquininha PicPay é boa?

Antes de falarmos se a maquininha de cartão PicPay é boa, é interessante compreendermos as bases da empresa.

Desde seu início, em 2012 , o PicPay sempre teve a proposta de revolucionar os pagamentos. Inclusive, um dos pontos que envolve o surgimento do PicPay é a ideia de poder sair de casa sem a carteira. Nessa lógica surge o nome do aplicativo, como uma contração do termo "Picture Payment", pagamento por imagem.

Ao longo do tempo o PicPay cresceu e hoje é considerado o maior aplicativo de pagamentos do Brasil. Por este motivo, é que muito se pergunta se PicPay tem maquininha.

A resposta a esse questionamento é não, já que o PicPay oferece outras soluções que não envolvem os gastos para manter o uso de uma maquininha, tais como aluguel e taxa de administração.

No decorrer do artigo você vai entender as maquininhas de cartão e descobrir os detalhes completos que envolvem a maquininha do PicPay

E já que estamos falando sobre maquininhas de cartão, aproveite para visitar o comparador da Hello Safe! Lá você encontra os dados completos sobre as fornecedoras e pode comparar entre as principais opções disponíveis.

Compare as melhores maquinas de cartão do mercado com o comparador da HelloSafe

Comparar

Maquininha PicPay: quais as taxas?

Quem busca por maquininha PicPay taxas, costuma se surpreender quando vê que, ainda sem um dispositivo, o PicPay consegue oferecer recursos similares com custos menores. Desde o uso gratuito da plataforma até a ausência da taxa de adesão, o aplicativo está em pleno crescimento até hoje. Inclusive, foram lançadas duas modalidades de conta voltada aos empreendedores: a PicPay Empresas e a PicPay Pro.

PicPay Pro

É indicado para profissionais libeirais, MEI e autônomos, que tenham ou não um CNPJ próprio. Entre estas categorias estão os motoristas, vendedores, feirantes, designers, donos de salão de beleza, etc. É sabido que o dia a dia destes grupos exige segurança e facilidade para receber os pagamentos dos clientes e o PicPay Pro se apresenta como uma solução prática e acessível nesse sentido. Tanto é que a única taxa que o profissional paga é o valor de 4,99% por recebimento.

PicPay Empresas

Serve para médias e grandes empresas quem já têm um CNPJ registrado. Uma das vantagens da conta empresarial é o foco no acompanhamento em tempo real e gestão completa dos pagamentos, tendo um aplicativo diferente do PicPay Pro. Neste tipo de conta, a porcentagem sobre o recebimento cobrada pelo PicPay começa em 3,99%, mas pode chegar a 1,42% se a pessoa optar por receber o dinheiro em até 80 dias.

Como funciona a maquininha PicPay?

Ainda que uma maquininha PicPay não esteja disponível ao público, a instituição trabalha com os QR Codes a serem utilizados para efetivar compras.

O funcionamento aqui é muito simples, pois no PicPay Pro basta o cliente ter o app baixado em seu celular que a venda já é paga com o cartão de crédito ou dinheiro que ele tem disponível na conta. Cumprida esta etapa, o vendedor recebe e o valor fica na própria carteira digital do PicPay Pro.

Já no PicPay Empresas, o processo continua fácil, mas tem algumas diferenças. No site oficial do PicPay Empresas é explicado exatamente como funcionam os pagamentos. Confira na íntegra as informações para vender sem maquininha PicPay na modalidade empresarial.

Acesse o app PicPay Empresas e toque em receber. Apresente o QR Code ao cliente. Seu cliente acessa o app PicPay, toca em pagar, escaneia o código, digita o valor e confirma.

Junto aos QR codes, o PicPay também trabalha com links de pagamento, os quais podem ser enviados e utilizados onde quer que o cliente esteja, facilitando o recebimento de valores à distância.

Quais são as diferentes maquininhas de cartão PicPay?

Hoje em dia, o maior app de pagamentos do Brasil tem quase 70 milhões de clientes registrados, de modo que muitos deles já se fizeram o seguinte questionamento: "PicPay tem maquininha?". Evidentemente, sabemos que não, porém a empresa busca se manter fiel ao objetivo de propiciar um modo ágil e conveniente de pagar suas compras.

Assim, mesmo que o PicPay não tenha uma maquininha oficial, seus pagamentos podem ser processados em equipamentos físicos de outras instituições,indicando uma preocupação com distintos perfis de público.

Dentre as organizações que tem maquininhas que aceitam o PicPay atualmente estão:

Máquina Cielo, Maquininha Getnet e Maquininha Rede

Além de fornecer maior praticidade nos pagamentos, a estratégia se assemelha ao que poderia ser uma "maquininha PicPay", aumenta a presença da marca em estabelecimentos de todo o Brasil. Por meio dessa expansão o PicPay tende a concretizar o que diz o seu slogan: "Todo mundo usa, todo lugar aceita". Nesse contexto, o mais interessante é que o PicPay está se tornando uma ferramenta acessível e viável a grande parte da população (tanto a quem compra como a quem vende), já que bastam apenas alguns cliques para baixar e começar a usar o aplicativo. Ademais, aos usuários que prefiram os meios tradicionais às transações pelo celular, as 3 maquininhas que trabalham com PicPay pertencem a empresas que tem presença em grande parte dos estabelecimentos no País.

Maquininha PicPay valor: qual é?

Quem conhece e usa todas as vantagens que a empresa oferece, naturalmente pode ter se questionado sobre a maquininha PicPay e seu respectivo valor.

Todavia, o grande diferencial do PicPay é proporcionar pagamentos práticos e rápidos como os da maquininha, mas sem ter o equipamento em si. Desta forma, com toda estrutura funcionando no celular, o aplicativo proporciona uma redução de custos ao empreendedor, já que ele não precisa assumir os encargos necessários para manter uma maquininha.

Agora você pode estar pensando: se não há maquininha, mas há o aplicativo para profissionais, então qual é o valor para ter ou mudar de conta?

Nenhum. O PicPay não cobra pelo cadastro e uso e de uma conta voltada a empreendedores e donos de negócio. Existem sim algumas tarifas por transação, mas a recorrência não fixa como o aluguel de uma maquininha.

Agora que você já conhece mais sobre o tema da maquininha PicPay, acesse a ferramenta da HelloSafe e descubra tudo sobre as melhores maquininhas de cartão do Brasil. Clique no botão e faça suas comparações hoje mesmo!

Compare as melhores maquinas de cartão do mercado com o comparador da HelloSafe

Comparar

Maquininha PicPay telefone: como entrar em contato?

Apesar de não ter uma maquininha do PicPay, os serviços oferecidos pelo aplicativo podem gerar dúvidas ou demandas mais complexas que exijam suporte. Pensando nisso, preparamos uma tabela especial com os canais de atendimento e os respectivos telefones.

Canal de atendimentoContato
Serviço de Atendimento ao Consumidor (SAC)0800 025 8000
Ouvidoria0800 025 2000
Telefone PicPay: canais de atendimento

Fora os telefones, o PicPay tem outros meios para auxiliar o cliente que estiver precisando de ajuda. Veja abaixo os contatos.

Canal de atendimentoContato
PicPay EmpresasAtravés do formulário eletrônico disponível do site
Chat OnlinePela seção de ajuda no aplicativo PicPay
E-mail[email protected]
Atendimento PicPay: formas de contato

Tão relevante quanto saber como entrar em contato com o PicPay é benéfico estar informado em relação à qualidade da assistência prestada pela instituição.

Um método bastante efetivo de obter essa informação é analisar a avaliação do PicPay no ReclameAqui. Isto posto, de novembro de 2021 até abril de 2022, o PicPay obteve nota 7.1 conforme as avaliações publicadas no portal. O índice de solução das reclamações ficou em 72.7%, enquanto o percentual de respostas ficou em 97.3%. Já o tempo estimado até o reclamante receber um retorno do time de atendimento PicPay está estimado em 5 dias e 5 horas.

Quais os juros da maquininha PicPay?

Em virtude de o PicPay trazer as mesmas utilidades da maquininha só que por meio de um aplicativo, o proprietário paga somente quando usa o serviço, ou seja, na hora do recebimento.

Nesse sentido, realizar uma venda, fazer um parcelamento ou sacar os valores estão entre os casos mais comuns que geram cobranças na plataforma. O único detalhe é que em cada uma das contas o valor exigido é diferente, o que pode ser comparado a juros maquininha PicPay se o dispositivo existisse no mercado.

Confira como ficam as porcentagens recebidas pelo PicPay de acordo com o serviço e tipo de conta escolhida.

ServiçoPicPay ProPicPay Empresas
Venda4,29% por recebimentoEntre 3,99% e 1,42% dependendo do período escolhido para receber
Parcelamento 3,49% ao mêsJuros aumentam conforme o número de parcelas 6,02% (2x), 8,08% (3x)
10,17% (4x)
Juros da maquininha PicPay

Uma informação extra sobre este tópico em especial, é que no PicPay Empresas, o proprietário tem a opção de absorver os custos da operação e oferecer aos clientes a opção de pagamento sem juros.

Dica: O termo "maquininha PicPay taxas" pode causar preocupação, e até um certo estranhamento, pois mesmo sem o dispositivo, existem contas diferentes. Entretanto, não há com o que se preocupar, porque apesar de os juros entre a conta Pro e Empresas não serem iguais, há um ponto que não muda: o fato de que o PicPay o não exige nenhuma tarifa referente ao adiantamento de parcela ou manutenção da plataforma.

Como pedir maquininha PicPay?

O pedido da maquininha PicPay, se existisse, provavelmente seria através do site da marca, tal como acontece com outras concorrentes no mercado. No entanto, por ser uma ferramenta livre de aluguel, taxa de adesão ou anuidade, a conta PicPay é criada diretamente pelo aplicativo para Android ou iOS.

Isso vale tanto para a conta Pro, que pode ser obtida configurando as opções no app PicPay pessoal como para a modalidade Empresas, que é solicitada através do site https://cadastro-empresas.picpay.com/.

Vale destacar novamente que, nem mesmo o download na do app no seu smartphone não tem custos, o que demonstra o objetivo do PicPay de ter transparência total em relação a taxas e tarifas a serem pagas pelo público.

Por não haver uma maquininha de cartão PicPay e as próprias contas servirem como plataformas de cobrança e recebimento, é adequado comentarmos como ingressar em cada uma das contas voltadas a vendas existentes no PicPay .

Como ter uma conta PicPay Pro?

  1. Entre no seu app do PicPay
  2. Localize o botão "Ajustes"
  3. Toque em "Para o meu negócio" e em seguida selecione a opção "PicPay Pro"

Tudo certo! Basta você começar a utilizar a sua conta Pro e acessar as vantagens exclusivas que a modalidade oferece.

Como ter uma conta PicPay?

  1. Primeiramente, acesse o site https://picpay.com/empresas
  2. Clique no botão "Cadastro" na parte superior da tela
  3. Tenha em mãos o número do seu CNPJ e preencha os dados do formulário

Pronto! Agora é só aguardar a verificação e aprovação do cadastro. Concluído o processo, você já estará apto para aproveitar todos os benefícios exclusivos do PicPay para empresas.

Como usar a maquininha PicPay?

A maquininha PicPay ainda não é oferecida ao público, mas as ferramentas da conta profissional e empresarial têm praticamente a mesma finalidade. Em ambas as opções, você pode receber e parcelar compras direto pelo celular sem o uso da maquininha.

Portanto, independente da modalidade de conta, é essencial ao usuário saber como se recebe pelo PicPay. Com isto em mente, confira os procedimentos indicados no site oficial do PicPay para receber nas contas voltadas aos empreendedores.

Recebendo pelo PicPay Pro

  1. O cliente acessa o app PicPay e paga com cartão de crédito ou saldo na carteira
  2. A plataforma recebe os dados do cliente (criptografados e armazenados em servidores seguros) e confirma a operação.
  3. Geralmente a compra é efetivada em poucos segundos e o empreendedor PicPay PRO tem o valor recebido como saldo em seu PicPay.

Recebendo pelo PicPay Empresas

  1. Acesse o seu app PicPay empresas e clique em "cobrar", na parte inferior da tela
  2. Toque em "Enviar cobrança"
  3. Por último, faça o compartilhamento do link com o cliente

Quer facilitar ainda mais os pagamentos com PicPay? Imprima o seu QR Code e deixe em um espaço bem visível no seu ponto de venda. A partir daí, basta a pessoa apontar o smartphone e pagar na hora.

Está gostando das dicas e quer encontrar a maquininha perfeita para o seu negócio? Então clique no botão e conheça o comparador da HelloSafe. Em poucos segundos você descobre as vantagens de cada equipamento e qual deles faz sentido para o que você precisa. É grátis!

Compare as melhores maquinas de cartão do mercado com o comparador da HelloSafe

Comparar

Bônus: como pagar com PicPay na maquininha?

Sabendo que o PicPay não tem maquininha, na prática, a grande dúvida costuma ser "como pagar com PicPay na maquininha?" Afinal, por se tratar de uma carteira digital, pode parecer um tanto complexo fazer o celular e a maquininha "conversarem" entre si. Todavia, graças à tecnologia atual, a operação é super rápida e simples.

Conforme falamos anteriormente, o PicPay é aceito nas maquininhas de 3 fornecedores principais : Cielo,Getnet e Rede.

Aliás, a parceria com esses grandes nomes do mercado faz com que você tenha "1 milhão de lugares de para pagar com Picpay". Interessante, não é mesmo?

A fim de explicar melhor os pagamentos com PicPay na maquininha, vamos abordar pontos estratégicos para você aproveitar esse recurso de forma facilitada no dia a dia. De antemão, já ressaltamos que o mais importante aqui é estar atento às particularidades de cada marca, pois dependendo da fornecedora, somente alguns equipamentos aceitam o pagamento com PicPay. Vejamos como acontece na prática.

Pagando com PicPay na maquininha

Primeiramente, há um pontos em comum entre todas as maquininhas: O cliente deve informar ao vendedor (ou prestador de serviço) que deseja pagar com QR Code.

Após, o funcionário pega a maquininha e digita o valor da compra. Na sequência, ele seleciona a modalidade "crédito", define se a compra será à vista ou parcelada e pressiona o botão verde. Está gerado o QR Code.

As diferenças começam quando falamos nos modelos de maquininha para ponto de venda (POS) compatíveis com PicPay. Veja quais são os dispositivos e como identificá-los.

Quais maquininhas aceitam QR Code PicPay?

Marca Modelo de maquininha que aceita PicPayComo identificar
CieloLio e Flash Lio (equipamento com corpo e teclado na cor azul)
Flash (maquininha preta, impressão de comprovante e logo da Cielo na parte superior)
GetnetQueridinhaMaquininha vermelha, sem fio, bobina para imprimir recibos no topo do equipamento
RedeMaquininha de cartão Rede Wi-Fi (POS)Dispositivo com detalhes em laranja, verde e branco na parte da frente. Possui o logo da Rede junto ao espaço para imprimir as notas.
Maquininhas que aceitam PicPay
O conteúdo dos comentários é necessário
Seu nome é obrigatório